• Receba informações e promoções de nosso site.


 

Notícias

Evangelismo

Grupo distribui Bíblias durante ano novo Chinês

04/02/2011 às 19:21h

Parado em um ponto de ônibus, o missionário Crystal Houston segura um pacote vermelho com uma Bíblia em mandarim e outras literaturas cristãs. Uma mulher chinesa se aproxima e ele entrega o pacote, quando ela vê que é uma Bíblia dá um sorriso e agradece.

"Uau! Isso é emocionante. Eu tenho quatro ou cinco Bíblias, mas essa mulher provavelmente não tem nenhuma. Entregando a primeira Bíblia só dá vontade de continuar fazendo isso. Vamos começar a trabalhar", afirma Crystal Houston, membro da igreja Batista em Atoka.

Ele deixou o estado americano do Tennessee e partiu para a Ásia com o objetivo de evangelizar. Junto com ele estão outros 50 voluntários de seis estados e dois países que estão distribuindo Bíblias, através do ministério chinês de distribuição de Bíblias na Ásia chamado Southern Cross.

Seus esforços voluntários fazem parte de uma ênfase especial em torno das duas semanas de comemorações do Ano Novo Chinês. Ano Novo Chinês que teve inicio na quinta-feira, 3 de fevereiro.
Mais de 500 Bíblias foram distribuídas na primeira noite, 29 de janeiro. O objetivo é distribuir mais de 2 mil Bíblias.

O coração do pastor Michael Berkley quebrou quando uma jovem chinesa tentou obter uma Bíblia, mas outra mulher sacudiu o braço com o sinal de negativo. O pastor da Igreja Batista de Vitória Henning, Tennessee, diz a mulher voltou, mas outra pessoa a levou embora.

"Seu rosto vai ficar marcado na minha mente por um longo tempo. Ela queria uma Bíblia, mas ninguém deixou. Estou orando para que ela receba um exemplar das Sagradas Escrituras em um dos outros pontos de distribuição", disse Berkley.

Uma jovem universitária chinesa vai do ônibus para a universidade e não esconde que é cristã. Muitos zombam, mas mesmo assim ela professa sua fé em Cristo. A jovem faz parte dos voluntários do Southern Cross.

Ela conta que em uma das viagens do Southern Cross, muitas meninas chinesas gritavam: "Jesus me ama, Jesus me ama!". Deborah Stiles e Laura Yates olhavam comovidas com a demonstração de amor a Cristo.

Antes de entregar as Bíblias em mandarim, as voluntárias deram um abraço nas chinesas. “Nunca em meus sonhos esperava que distribuir Bíblias a seria tão emocionante”.

Uma das mulheres chinesas explica que a emoção começou quando ela viu o sinal na janela do ônibus. Seu coração saltou de alegria. Tudo o que podia pensar era receber essas Bíblias e falar com ela cristãos. "Estamos muito felizes em vê-los distribuindo Bíblias para as pessoas que necessitam. O povo chinês precisa de Bíblias. Todas as pessoas precisam de Bíblias".