• Receba informações e promoções de nosso site.


 

Notícias

Política

Carlos Brito anuncia Pr. Paulo Roberto como candidato a vice-prefeito

04/07/2012 às 03:15h
PSD entra na disputa pela Prefeitura com nomes da legenda e apoiado por nanicos

O candidato do PSD à Prefeitura de Cuiabá, Carlos Brito, anunciou, em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (3), o pastor Paulo Roberto (PSD) como candidato a vice-prefeito na sua chapa.

Depois de ouvir as sugestões de alguns partidos aliados, o PSD acabou optando por lançar uma chapa pura, na disputa majoritária da Capital.

Paulo Roberto é pastor da Igreja Evangélica Assembleia de Deus e, com isso, a chapa reúne dois elementos com forte apelo popular: a militância comunitária de Brito, que já foi presidente do bairro Parque Cuiabá, e o segmento evangélico, representando pelo pastor.

Além do PSD, apoiam a candidatura do social-democrata o PCdoB e outros sete partidos nanicos: PSC, PSDC, PRTB, PTC, PTN, PSL e PHS.

No total, três chapas com 128 candidatos a vereador vão dar sustentação a dupla Carlos Brito e Paulo Roberto. A coligação “Sentimento Cuiabano III” (PTC, PTN, PSL e PHC) darão sustentação ao projeto.

Brito, que afirmou ser envagélico frequentador da igreja Ministério de Cura Jeová Shamá, localizada no bairro Morada do Ouro, disse que o principal propósito da campanha, ao lado do pastor, será priorizar os bairros e os movimentos sociais. “Nosso trabalho será nos bairros de Cuiabá, mesmo nos locais onde moram os ricos, em prédios de luxo. Afinal, todos estão em um bairro. Para mim, Cuiabá será um grande condomínio”, afirmou.

“Somos uma legenda nova, que ainda não é massificada. Tínhamos 20 segundos de exibição de televisão. Busquei em oração e hoje temos mais de cinco minutos. Nós vamos ganhar essa eleição, de forma natural, na espontaneidade. Política e fé não se separam. Ter o Paulo na minha chapa é uma honra”, disse Carlos Brito.

O candidato Carlos Brito e seu vice, pastor Paulo Roberto



O vice-governador Chico Daltro (PSD) aproveitou a oportunidade e alfinetou a candidatura do empresário Mauro Mendes (PSB), ao afirmar que a chapa formada pela legenda, segundo ele, levará em consideração o clamor e a esperança da sociedade.

“Estamos motivados e os candidatos poderosos, que, antecipadamente, dizem que já ganharam, que só saem para andar nos bairros em época de campanha, irão se surpreender. Nós, ao contrário, estamos nos bairros e conhecemos as necessidades de Cuiabá”, afirmou.

O pastor Paulo Roberto disse que já estava consciente do convite, desde o último sábado (30), e que, desde então, o partido tem avaliado a força do seu nome. Ele disse que ficou surpreso com o convite e que deixou claro seu desprendimento quanto à candidatura.

“Eu disse a eles que, se mudassem de ideia, não teria nenhum problema. Tenho experiência de mais de 20 anos atuando como pastor, ajudando e ouvindo as pessoas. Sou da Assembleia de Deus, mas não tenho nenhuma placa de igreja. Nós vamos fazer um barulho nessa cidade”, comemorou ele.

O secretário-geral da legenda, José Riva, revelou que chegou a ser questionado sobre a composição com o pastor. Segundo ele, muitos disseram que uma pessoa religiosa não deveria se envolver com a política, mas ele disse que conversou com mais de 20 pastores e todos teriam referendado o nome de Paulo Roberto.

“Se uma pessoa religiosa não deve se envolver, quem deve? São as pessoas de bem que precisam trabalhar na política. Tenho determinação de vencer e pode se preparar pastor, nem tudo são flores, porque até quem não tem defeito, eles (a oposição) acha defeito nele”, disse Riva.

Fonte: Mídia News