• Receba informações e promoções de nosso site.


 

Notícias

Comportamento

Jovens se declaram pretos e pardos mais do que adultos, diz IBGE

16/11/2011 às 21:10h
Segundo dados do Censo de 2010, 54% se dizem pretos e pardos

Jovens brasileiros entre 15 e 24 anos se declaram pretos e pardos mais do que adultos, apontam dados do Censo 2010 divulgados nesta quarta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Do universo de 34 milhões de jovens nessa faixa de idade, 18,5 milhões se dizem pretos e pardos, conforme autodeclaração aos recenseadores.

Dentre os adultos (25 a 59 anos), 54 milhões dos 107 milhões dessa faixa etária se autodeclaram pretos ou pardos - o equivalente a 50%.


Entre os jovens, adolescentes (de 15 a 19 anos) são os que mais se definem como pretos e pardos - 55%, contra 53,5% dos adultos jovens (20 a 24 anos).


Há mais declaração de jovens pardos (16 milhões) do que pretos (2,5 milhões), tendência semelhante à do grupo de adultos, que contabiliza 37 milhões de pardos e 17 milhões de pretos.

Dados preliminares do IBGE, divulgados no início do ano, já apontavam crescimento da população de pretos e pardos em relação à população que se autodefine branca, numa comparação com registros coletados em 2000. A população preta e parda é predominante no Brasil, concentrando 97 milhões entre os 191 milhões de habitantes.


O levantamento por raça ou cor de 2010 foi o primeiro a ser realizado pelo IBGE com toda a população brasileira. Em pesquisas anteriores, essa investigação fazia parte apenas dos questionários de amostra do Censo, isto é, era feito com uma quantidade restrita de pessoas.


Desta vez, dentre os 191 milhões de habitantes, 91 milhões se classificaram como brancos (47,7%), 15 milhões como pretos (7,6%), 82 milhões como pardos (43,1%), 2 milhões como amarelos (1,1%) e 817 mil indígenas (0,4%).

Os dados foram coletados pelo IBGE entre agosto de 2009 a julho de 2010, abrangendo cerca de 67,5 milhões de domicílios.

Nesta quarta, foram divulgados dados consolidados sobre o universo do Censo Demográfico, que inclui características populacionais e de domicílio, com informações sobre sexo, idade, emigração internacional, ocorrência de óbitos, cor ou raça, registro de nascimento, entre outros registros.