• Receba informações e promoções de nosso site.


 

Notícias

Direitos do Consumidor

Pesquisa mostra que consumidor quer gastar mais até o fim do ano

23/10/2010 às 15:10h
Pesquisa mostra que consumidor quer gastar mais até o fim do ano

O percentual de consumidores que pretendem ir às compras neste último trimestre do ano chegou a 76,2%, de acordo com a pesquisa trimestral Intenção de Compra no Varejo, da Fundação Instituto de Administração (FIA), divulgada na última quinta-feira, dia 21, na capital paulista. Em relação ao trimestre anterior, houve um aumento de 0,6 ponto percentual (75,6%). Na comparação com o quarto trimestre do ano passado (77%), a queda foi de 0,8 ponto percentual.

     De acordo com o pesquisador do Programa de Administração de Varejo (Provar) da FIA Nuno Fouto, a tendência de crescimento nas vendas é constante, assim como o aumento do prazo médio para o consumidor pagar as compras. “Mesmo com as taxas de juros ainda um pouco altas, a tendência de aumento do prazo para pagamento é um combustível forte para as vendas, aliado à recuperação da massa salarial da indústria e à inadimplência estável”.

     A pesquisa indicou que a categoria de produtos mais cobiçada pelos 500 entrevistados na cidade de São Paulo é a de cine e foto, com 14,2% das intenções de compra. Em seguida vem eletroeletrônicos (13,2%), informática (12,4%), telefonia (10,4%), móveis (9,6%) e linha branca (9,4%). Na comparação com o trimestre anterior, a intenção de compra caiu para produtos da linha branca (-4,1%), materiais de construção (-17,5%), informática (-3,1%) e cine e foto (-1,4%). Registraram elevação móveis (2,1%), eletroeletrônicos (22%) e eletroportáteis (15%).

     Com relação ao dinheiro que o consumidor pretende gastar nestes últimos três meses do ano, a média apurada pela pesquisa foi de R$ 1.290,00 com produtos da linha branca; R$ 1.142 com móveis; R$ 1.505 com eletroeletrônicos; R$ 2.503 com materiais de construção; R$ 1.443 com informática; R$ 4.553 com cine e foto; R$ 325 com telefonia; R$ 292 com cama, mesa e banho; R$ 334 com eletroportáteis; e R$ 16.667 com automóveis. E, para a maioria, com pagamento em prestações.

     A pesquisa incluiu, pela primeira vez, a intenção de compra de imóvel nos próximos seis meses. Para 4,8% dos entrevistados, a compra de um imóvel é levada em consideração. O imóvel pretendido tem preço médio R$ 124.166,67.

     A intenção de comprar pela internet foi apontada por 87,5% dos entrevistados, ante 86% do mesmo no ano passado. Lideram as intenções de compra nas lojas virtuais eletroeletrônicos, cds, DVDs, livros, revistas, equipamentos de informática e aparelhos e acessórios de telefonia.

Fonte: Creio