• Receba informações e promoções de nosso site.


 

Notícias

Cursos e Concursos

Funcionalismo público pelo mundo

20/05/2011 às 13:06h
Jan Banning, fotográfo holandês, passou cinco anos fotografando o serviço púbico em oito países: China, Estados Unidos, Libéria, Bolívia, França, Índia, Rússia e Iêmen.

 

.

.

.

Ivan Quispe Lopez é um policial boliviano, que faz tudo a pé. Para usar o telefone precisa ir até o lado de fora da sua sala. Seu salário é de 113 dólares mensais.


Dede McEachern é diretora de lincenças no Texas (EUA). Seu salário é de quase 6 mil doláres mensais.

 

Mohammed Hamid Azein recolhe as contas mensais de água no distrito de Shibam, Iêmen. Seu salário mensal é de 121 doláres. Porém, está há cinco meses sem receber.


Ali Abdulmalik Shuga é responsável pelo arquivo do Ministério de Comércio do Iêmen. Recebe por um mês de trabalho 171 doláres.
 

Nadja Ali Gayt é consultora do Ministério da Agricultura do Iêmen. Seu salário é de 160 doláres.


Sushma Prasad
é escrivã assistente na Secretaria do Gabinete do Estado de Bihar,a Índia. Ela foi contratada "por motivos de compaixão"por causa da morte de seu marido, que até 1997 trabalhava no mesmo departamento. Seu salário mensal é de 110 dólares.

 

As máquinas de escrever, aparentemente enferrujados estão aguardando o seu uso: o serviço 40% de pessoal e os equipamentos estão estragando na sala do Departamento de Finanças, na Índia.



 

Ram Yadav Prabodh é sub-inspector da polícia em Maner Block, na Índia. Seu salário mensal é de 220 doláres.

 

Surinder Kumar Mandal é inspector do círculo de impostos no bloco Thakurganj, na Índia. Seu salário mensal é de 208 dólares.


Warford Weadatu Sr. é administrador da cidade de Nyenawliken, na Libéria. Ele não tem orçamento para o distrito e está há mais de um ano sem receber seu salário mensal de 20 doláres.

Fonte: Yahoo