• Receba informações e promoções de nosso site.


 

Entrevistas

Cantores

Entrevista com a Dupla André & Felipe

22/02/2012 às 05:04h

Supergospel – Quem é André e Felipe?

André: Assim como Felipe, recebi o chamado para o louvor ainda criança. Tenho me esforçado para cumprir a vontade de Deus para minha vida e me alegro por tocar as pessoas através de louvores entregues pelo próprio Deus. Tenho 22 anos e sou solteiro. Sou uma pessoa simples, muito detalhista. Gosto de estar com a minha família, mas amo o que faço.

Felipe: Violão é uma das minhas paixões e louvo ao Senhor por ter me chamado para exercer um papel em Sua Obra onde eu pudesse unir vocação com unção. Tenho 20 anos e sou noivo. O casamento é um dos meus projetos para 2012. Me considero uma pessoa tranquila, mas as vezes a ansiedade me alcança. Amo fazer a obra de Deus e às vezes tenho pressa (risos).

Supergospel – Como foi o início de vocês na música e na área de Ministério de Louvor?

O inicio sempre é difícil, mas foi uma experiência muito boa. Começamos fazendo o louvor na igreja onde meu pai pastoreava. Ali nós cantávamos de tudo: congregacional, sertanejo, adoração, enfim vários estilos musicais. No início ministrávamos em três: nossa irmã Raquel (que hoje segue em carreira solo) era nossa parceira. Através da vida dela é que começamos a ingressar no ministério de louvor.

Supergospel – Quando surgiu a idéia de montar a dupla e investir no estilo sertanejo?

Deus sempre vinha falando conosco com relação à obra que Ele tinha para fazer em nossas vidas e através de nossas vidas. Desde novos recebíamos muitos convites de congressos na região onde morávamos. Foi então que no ano de 2000 que gravamos nosso primeiro CD. O sertanejo sempre foi nosso estilo de coração, mas sempre que gravamos um trabalho procuramos inovar e incrementar.

Supergospel – O que mais marcou vocês durante a gravação do novo álbum – “Chuva de poder”?

A maneira como Deus trabalhou em nós nesse período. As mensagens das músicas nos tocaram muito e também a todos aqueles que fizeram parte do projeto.

Supergospel – Qual o estilo e sonoridade do disco?

Nosso objetivo nesse CD foi alcançar a família no todo. Do neto ao avô, então tem estilos pra todos os gostos. Gravamos sertanejo universitário, pop pentecostal, adoração. Até pop rock nós inserimos na canção “No Fim”. Essa música transmite uma mensagem bem verdadeira sobre a volta de Jesus. Temos um CD então bem eclético.

Supergospel – Como foi o processo de pré e pós-produção?

Foi bem trabalhoso. Selecionamos o repertório, depois fomos ao estúdio colocar as guias, discutir os arranjos... É um processo demorado, mas bem gratificante. É muito bom você ver, depois de toda produção feita, cada música, cada detalhe. Não tem preço!

Supergospel - E quanto às canções? Como foi o processo de seleção do repertório?

Foi um processo em equipe. Contamos com a direção e o apoio do nosso produtor, Ivanildo Medeiros e do maestro Melk Carvalhedo. Todas as composições são nossas, mas na hora de definir o repertório, fizemos em conjunto. Buscamos fazer tudo com calma e excelência para alcançar o melhor. Nosso desejo maior er honrar o nome do Senhor e oferecer o melhor ao nosso público.

Supergospel – Como esta sendo a repercussão do CD nas igrejas e na mídia gospel em geral?

Cada CD que lançamos, procuramos fazer sempre o melhor. O público evangélico está sedento por coisas novas e buscamos sempre inovar. O resultado está superando as nossas expectativas. Glória a Deus por isso. Atingimos a marca de 10 mil cópias vendidas em menos de 40 dias de lançamento. Acreditamos que isso é resultado da aceitação do público e da ajuda da mídia gospel e das igrejas.

Supergospel – Você já haviam lançados dois clipes e, deste disco novo, já filmaram mais dois? Como vocês enxergam esta ferramenta dentro do seu ministério?

Então, desse disco novo nós gravamos dois videoclipe: canções Chuva de Poder e É milagre. Acreditamos que esta é uma forma de mídia forte, além de você transmitir a mensagem de uma forma muito mais impactante transmitida em áudio e imagem. Buscamos gravar com total profissionalismo para alcançar o melhor resultado. E temos colhido bons frutos.

Supergospel - Hoje em dia, a ferramenta mais acessível economicamente, sem dúvida alguma, é a internet e o primeiro passo é contratar um profissional de web para cuidar de todo o seu projeto digital. Como você esta tratando a sua Identidade Visual?

Com certeza um cantor hoje tem que ter uma estrutura por trás dele muito grande. A dupla “André e Felipe” hoje tem um bom site (by Quartel Design), estamos em todas as redes sociais, temos um Canal no Youtube bacana, a nossa assessoria de impressa é muito profissional e trata tudo isso com maior carinho e dedicação. Isso é muito importante para quem quer crescer ministerialmente e profissionalmente falando.

Supergospel – O que vocês têm ouvido hoje em dia?

Muitas rádios do Brasil e todos os estilos. Gostamos muito de Adrian Romero, a voz dele é incrível e as músicas que ele compõe realmente tocam o coração. Gostamos de canções que tenham unção e letras profundas. Estas canções inclusive nos inspiram nas nossas composições. Poderíamos citar muitos nomes. O profissionalismo e a unção tem que andar juntos. Um sem o outro atinge diretamente a canção. Unção demais sem profissionalismo na execução, não dá. Menor resultado terá quem for muito profissional e deixar a unção de lado. Cantamos para Deus, nossas corações têm que exaltar o nome Dele. Temos o coração e os ouvidos abertos. Ouvimos muitas canções e aprendemos muito com isso.

Supergospel – Qual a opinião de vocês em relação à abertura que a mídia secular tem dada a música gospel?

Hoje em dia a sociedade, a mídia e os políticos estão olhando o público evangélico com novos olhos. Somos uma massa que cresce e agora, muitos grupos querem nos alcançar. Temos qualidade nas canções, integridade no trabalho e somos formadores de opinião. Somos uma fatia do bolo considerável. Acreditamos que a tendência é crescer. Glória a Deus por isso!

Supergospel – Qual a opinião de vocês em relação ao mercado de pirataria de CDs e download ilegal de músicas?

Isso é muito ruim tanto para o artista e quanto para as gravadoras. Gastamos muito dinheiro na produção do CD e outra pessoa baixa na internet, imprime a capa do CD e vende por um valor bem abaixo do mercado. Eles ficam com os lucros e vendem um material de baixa qualidade. Cometem um crime! Não é fácil lidar com isso.

Supergospel - A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o MySpace, Orkut, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que você acham dessas novas opções de mídia?

São estratégias de mídia muito fortes, principalmente para quem sabe usar. É importante montar um bom perfil, inserir bom conteúdo, manter a mídia gospel e o público bem informados. As redes sociais têm sido parceiras da construção da história dos artistas nos tempos de hoje.

Supergospel – Quais os planos para 2012?

Trabalhar bastante esse CD novo, ganhar muitas almas pra Jesus, que é o nosso principal objetivo, e fazer a obra de Deus, sempre assim, com responsabilidade, dedicação, amor e profissionalismo.

Supergospel - Poderia deixar um recado para nossos leitores?

Dizemos sempre que entre o sonhar e a realização dos nossos sonhos, existem caminhos a serem percorridos, onde etapas não podem ser queimadas. Às vezes são caminhos tortuosos de perseguição, humilhação e dificuldades, mas devemos sempre nos lembrar que entre nós e as nossas adversidades, Deus está presente e com certeza sairemos vencedores.

Contatos:
Twitter: @andre_e_felipe
Site: www.andreefelipeoficial.com.br
facebook: www.facebook.com/andreefelipeoficial
Myspace: www.myspace.com/andreefelipeoficial
Youtube: www.youtube.com/andreefelipeoficial

 

Fonte: Super Gospel