Mensagens Bíblicas
Decida pela Vida Eterna

No principio Deus criou o homem e estabeleceu um relacionamento pleno e perfeito com ele, mas por desobediência e cobiça querendo tornar-se igual a Deus, o homem recebeu uma sentença de morte: Pelo que, por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram (Rm 5:12). Daí em diante o ser humano passou a ter uma natureza pecadora: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Rm 3:23), ficando assim, em uma situação de indiferença com Deus, e através de seus próprios esforços, jamais conseguirá se aproximar do seu criador. Pois os vossos pecados colocam divisão entre vós e o vosso Deus (Is 59:2).

Mas a história felizmente não acaba dessa forma, porque Deus na sua extrema sabedoria e amor estabelece um plano de resgate para que essa criatura pudesse novamente ter um relacionamento pessoal único e maravilhoso com o seu criador, e para esse acontecimento ele não poupou o seu único filho: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (Jo 3:16). Jesus Cristo é a única promessa de vida e salvação plena para o homem: Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores (Rm 5:8).

E hoje, mais de dois mil anos distanciados deste acontecimento que mudou a história da humanidade, podemos também ser participantes dessa promessa, de forma simples e de graça, basta para isso recebermos a cristo: Mas a todos quanto o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que creem no seu nome (Jo 1:12). Como receber? Pela fé, reconhecendo o nosso estado pecaminoso e limitado diante da soberania e do amor de Deus: Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie (Ef 2:8-9). Portanto receber a salvação, bem como uma transformação de vida, é uma decisão pessoal, que depende somente de uma atitude de fé… O Senhor Jesus está a te convidar: Eis que estou a porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei ,e ele, comigo (Ap 3:20). Decida-se…

EV. Marcos Espolaor Melo
Dirigente AD Esmeralda

Setor Mapim V.Grande

Mensagens Bíblicas
A oração e a necessidade de avivamento – Franklin Ferreira

Palestra ministrada pelo Franklin Ferreira na 31ª Conferência Fiel para Pastores e Líderes.

Mensagens Bíblicas
Quem é Deus? O que é Deus? Como podemos conhecê-lo?

Pergunta: “Quem é Deus? O que é Deus? Como podemos conhecê-lo?”

Resposta:
Quem é Deus? – O fato
O fato da existência de Deus é tão visível, tanto através da criação quanto através da consciência do homem, que a Bíblia chama o ateu de “tolo” (Salmo 14:1). Assim, a Bíblia nunca tenta provar a existência de Deus, antes, ela supõe a Sua existência desde o início (Gênesis 1:1). O que a Bíblia faz é revelar a natureza, o caráter e a obra de Deus.

Quem é Deus? – A Definição 
Pensar corretamente sobre Deus é de extrema importância porque uma falsa ideia sobre Deus é idolatria. Em Salmo 50:21, Deus reprova o ímpio com esta acusação: “Você pensa que eu sou como você?” Para começar, uma boa e resumida definição de Deus é “o Ser Supremo, o Criador e Regente de tudo o que existe; o Ser auto-existente que é perfeito em poder, bondade e sabedoria.”

Quem é Deus? – Sua Natureza 
Sabemos que certas coisas acerca de Deus são verdadeiras por uma razão: em Sua misericórdia Ele condescendeu a revelar algumas de Suas qualidades para nós. Deus é espírito, intangível por natureza (João 4:24). Deus é Um, mas existe como três pessoas: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo (Mateus 3:16-17). Deus é infinito (1 Timóteo 1:17), incomparável (2 Samuel 7:22) e imutável (Malaquias 3:6). Deus existe em todos os lugares (Salmos 139:7-12), sabe tudo (Mateus 11:21) e tem todo o poder e autoridade (Efésios 1; Apocalipse 19:6).

Quem é Deus? – Seu Caráter
Aqui estão algumas das características de Deus como reveladas na Bíblia: Deus é justo (Atos 17:31), amoroso (Efésios 2:4-5), verdadeiro (João 14:6) e santo (1 João 1:5). Deus mostra compaixão (2 Coríntios 1:3), misericórdia (Romanos 9:15) e graça (Romanos 5:17). Deus julga o pecado (Salmos 5:5), mas também oferece o perdão (Salmos 130:4).

Quem é Deus? – Sua Obra
Não podemos compreender Deus longe de suas obras porque o que Deus faz flui de quem Ele é. Aqui está uma lista resumida das obras de Deus, passadas, presentes e futuras: Deus criou o mundo (Gênesis 1:1, Isaías 42:5); Ele ativamente sustenta o mundo (Colossenses 1:17); Ele está executando o Seu plano eterno (Efésios 1:11) que envolve a redenção do homem da maldição do pecado e da morte (Gálatas 3:13-14); Ele atrai as pessoas para Cristo (João 6:44); Ele disciplina os Seus filhos (Hebreus 12:6) e Ele julgará o mundo (Apocalipse 20:11-15).

Quem é Deus? – Um Relacionamento com Ele
Na pessoa do Filho, Deus se encarnou (João 1:14). O Filho de Deus se tornou o Filho do homem e é, portanto, a “ponte” entre Deus e o homem (João 14:6, 1 Timóteo 2:5). É somente através do Filho que podemos ter o perdão dos pecados (Efésios 1:7), a reconciliação com Deus (João 15:15, Romanos 5:10) e a salvação eterna (2 Timóteo 2:10). Em Jesus Cristo, “habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Colossenses 2:9). Assim, para saber realmente quem é Deus, tudo que temos que fazer é olhar para Jesus.

Mensagens Bíblicas
Como sair vitorioso no dia da adversidade

Se você for alcançado pelo dia da adversidade vejamos algumas dicas importantes para sair vitorioso.
1-Firmar-se em bases sólidas. No Salmo 3.5, o salmista pede a Deus, para coloca- lo sobre uma rocha, justamente porque esse é um momento em que tudo parece desmoronar por cima de nós ou debaixo dos nossos  pés.
2- Saber esperar o momento certo para atitudes certas. Na Bíblia, no livro de Josué, capítulo 1, o sucessor de Moisés, Josué, recebe uma importante missão. No capítulo 3, tem a necessidade de passar o Jordão. No capítulo 6, precisa vencer Jericó. O desafio era grande. Mas Josué agiu como vitorioso. Confiou em Deus, mandou espias para conhecer a terra prometida, avaliou as dificuldades que teria pela frente, firmou-se nas promessas de Deus e no momento oportuno foi tomando as decisões acertadas.

Por fim, para superar o dia da adversidade, precisamos saber enfrenta-lo  na força do Senhor dos Exércitos, fazer parceria forte e vitoriosa, de preferência com Deus, e firmar-se na Palavra de Deus, que nos ensina a meditar na Palavra ( Sl 39.3), guardar a Palavra (Sl 132.17), conhecer a verdade (João 8.32), amar a Palavra (Sl 119.97).

*Pesquisado por Aurelina in: ” Falando ao Coração”.